DesportoLisboa

Chapéu de Cristiano Ronaldo foi o momento de glória da noite

- publicidade -

Portugal cumpriu o objetivo de vencer o Luxemburgo e de ficar mais perto do Euro 2020. Num jogo em que a primeira parte foi pouca intensa, valeu pelo ritmo elevado nos segundos 45′ e pelo belo golo de Cristiano Ronaldo, ele que bem tentou marcar mas conseguiu um golo.

O jogo começou com Portugal a procurar a golo, motivados pelos quase 50.000 adeptos entusiásticos em Alvalade. E até do capitão a primeira oportunidade, mas Cristiano esteve em noite desinspirada. A pressão junto à baliza de Anthony Moris intensificava-se e aos 16′ Bernardo Silva encostou para o primeiro da noite. Nélson Semedo cruzou e o jogador do Manchester City rematou com sucesso.
Pensou-se que depois do primeiro seria mais fácil o jogo mas até final da primeira parte o ritmo descer muito, com muito bola no meio campo e o Luxemburgo a conseguir incomodar Rui Patrício.

Na segunda parte a história foi diferente, com uma pressão muito forte, Portugal encostou o adversário às cordas e teve várias oportunidades para dilatar o resultado. Apesar de toda a pressão só aos 65′ Anthony Moris iria sofrer o segundo, mas foi o momento da noite! Cristiano apareceu isolado na grande área, e perante a saída do guarda-redes, fez um chapéu para delírio dos adeptos em Alvalade.

A seleção procurou o terceiro mas só aos 89′ Guedes encontraria de novo o caminho das redes.

Próximo jogo será na Ucrânia, em que a vitória poderá significar o apuramento para o Euro 2020.

Portugal 3 – 0 Luxemburgo
Apuramento Euro 2020 – Fase de Grupos
Estádio José Alvalade, Lisboa – 47.305 Espetadores

Portugal: Rui Patrício, Nélson Semedo, Pepe, Rúben Dias, Raphael Guerreiro, Danilo Pereira, Bruno Fernandes, João Moutinho (Rúben Neves 90′), Bernardo Silva (Gonçalo Guedes 77′), Cristiano Ronaldo, João Félix (João Mário 88′)
Treinador: Fernando Santos

Luxemburgo: Anthony Moris, Laurent Jans, Maxime Chanot, Dirk Carlson, Lars Gerson, Vincent Thill (Stefano Bensi 88′), Leandro Barreiro, Florian Bohnert (Danel Sinani 46′), Olivier Thill, Gerson Rodrigues, Dave Turpel (Daniel da Mota 59′)
Treinador: Luc Holtz

Intervalo: 1-0

Marcadores: 1-0 Bernardo Silva 16′; 2-0 Cristiano Ronaldo 65′; 3-0 Gonçalo Guedes 89′

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo