Lisboa

Chamas consomem edifício não habitado em Lisboa

- publicidade -

No passado sábado pouco depois das 23h foi lançado o alerta acerca das chamas que deflagraram num edifício não habitado na rua Gomes Freire, freguesia de São Jorge de arroios.

Para o local deslocaram- se cerca de 60 operacionais, apoiados por 18 viaturas. A Polícia de Segurança Pública (PSP) também esteve no local.

Em declarações à RTP os Bombeiros Sapadores de Lisboa apontam que a maior dificuldade no combate às chamas foi a “falta de água” porque “não há mananciais para abastecer as viaturas”

A Empresa Portuguesa das Águas Livres (EPAL) responsável por abastecer 35 municípios inclusive Lisboa já veio a público esclarecer as acusações onde adianta:

“O abastecimento público de água esteve sempre garantido e em momento algum houve falta de água”, esclareceu a entidade numa nota enviada às redações este domingo.

E ainda que a falta dos marcos de água referidos “são da responsabilidade de outras entidades”.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *