Setúbal

Centro Desportivo Municipal Supera Setúbal inaugurado. Vai criar 100 empregos diretos e indiretos

O Centro Desportivo Municipal Supera Setúbal foi inaugurado nesta manhã de domingo.

- publicidade -

O Centro Desportivo Municipal Supera Setúbal foi inaugurado nesta manhã de domingo, representa um investimento de 9 milhões de euros e vai criar mais 100 empregos diretos e indiretos.

“Localizado na Praça de Portugal o Supera abre ao público a partir de amanhã, dia 12 de abril. O centro desportivo conta com uma piscina climatizada de 6 pistas e outra, também climatizada, para aprendizagem. Além disso, dispõe de uma ampla zona spa com jacuzzi, sauna, banho turco, e duches ciclónicos”, pode ler-se na nota da autarquia de Setúbal.

Guillermo Ampuero, presidente do grupo espanhol Supera, afirmou na inauguração que “estas são as melhores instalações que temos, das cerca de 50 que o grupo gere na Península Ibérica, e são, certamente, as mais evoluídas da Europa e não tenho dúvidas de que do mundo também”.

A presidente da Câmara de Setúbal, Maria das Dores Meira, sublinhou que este complexo é “um passo fundamental para a prática desportiva ainda mais saudável no concelho”, numa infraestrutura que se torna “uma enorme mais-valia”.

Estará também disponível “uma sala de fitness com mais de 1.000 m² equipada com as máquinas desportivas mais modernas. Para além dos balneários feminino, masculino e para crianças, é possível usufruir de aulas de grupo nas suas cinco salas dedicadas a Zumba, Body Combat, Body Pump, Body Balance, Pilates e Bike”, explica a autarquia no comunicado.

“Este complexo acrescenta uma variada oferta de cursos de natação e de treino personalizado. Possui uma zona exterior com piscinas de verão e um espaçoso solário. O parque de estacionamento subterrâneo tem capacidade para 120 veículos”.

Foto: CMS

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui