AtualidadeDestaqueDistritoPorto

Cenário de horror em canil de Santo Tirso

- publicidade -

São já vários os relatos que se vão espalhando pelas redes sociais a dar conta de um cenário horrendo que foi vivido na última noite no canil “Cantinho 4 Patas”, ao que se sabe, um incêndio deflagrou na passada noite no canil situado no concelho de Santo Tirso, houve muitas pessoas e organizações que se deslocaram ao local mas foram barradas pela GNR que não autorizou a entrada no espaço, uma vez que se trata de um canil privado.

O cenário é desolador, esta manhã já se partilhavam várias fotos e vídeos do que aconteceu durante a noite naquele canil, é visível ver-se vários animais carbonizados, que tentaram fugir mas a vedação que rodeia a propriedade não deixou. Os comentários que estão nas redes sociais são de revolta por aquilo que se ali passou, a intervenção da GNR não é poupada pelas pessoas e até já há várias centenas de emails enviados à Câmara Municipal de Santo Tirso para que intervenha no caso.

tarot terapêutico

Segundo um relato de uma pessoa que esteve no local adianta que “Está tudo ardido, estão a dizer que está tudo bem mas há animais mortos lá dentro“, Carla Amaral é uma das populares que tentou ajudar os animais e que foi barrada: “Está aqui a GNR, dizem que estamos a invadir propriedade privada, não deixam ajudar (…) os animais não foram soltos“.

Ao que se sabe, no local estiveram elementos do PAN mas mesmo assim as autoridades não deixaram salvar as dezenas de animais daquele canil.

Carla Amaral adianta ainda que dentro do canil estavam funcionárias que não soltaram os animais, por forma a impedir o desfecho terrível e que as imagens mostram.

O PAN também fez a denúncia da situação uma vez que foi solicitado pelas equipas presentes no local para procederem ao salvamento dos animais um «mandado judicial para acesso aos abrigos e apreensão dos animais» com carácter de urgência.

«Dezenas de cidadãos, ONG e associações de proteção animal prontificaram-se de imediato a prestar todo o auxílio necessário, sendo no entanto barradas tanto pela Câmara Municipal e respetivo Veterinário Municipal, como pelas proprietárias dos abrigos.

Ainda não sabemos o número animais ao certo que foram afectados. Mas pudemos comprovar a presença de animais carbonizados, feridos e em desespero nestes abrigos. Situações como a presente evidenciam as fragilidades que a legislação ainda tem, bem como a necessidade de mais formação e articulação entre entidades.

Não é aceitável que não haja no Parlamento uma maioria disposta a alterar pequenos grandes detalhes que esta noite poderiam ter feito toda a diferença na vida destes animais, como o já proposto pelo PAN para a inclusão dos animais nos planos de proteção civil.

Que este lamentável episódio sirva de exemplo para que as restantes forças políticas acompanhem as tão necessárias e urgente mudanças da lei nesta matéria.»

Artigos Relacionados

2 Comentários

  1. Vi os vídeos partilhados em direto, a proprietária apareceu no local e como queria esconder o facto de ter o espaço ilegal, não deixou ninguém entrar para salvar os poucos animais que sobreviveram.
    A polícia também impediu as pessoas que lá deslocaram para salvar os animais e ainda trataram mal as pessoas.

    É uma tristeza este país, a vida dos animais aqui não vale nada infelizmente.
    Deixaram-nos morrer de propósito

  2. È vergonhoso deixarem que uma coisa destas aconteça num país supostamente desenvolvido. È revoltante ver que apesar de existirem leis para protegerem os animais, estas só existem na teoria, na prática é como não valem de nada.
    O ser humano é realmente um ser egoísta, hipócrita e cruel!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui