DistritoPolíticaSeixalSetúbal

CDS-PP Seixal questiona autarquia sobre condições na EB de Santa Marta de Corroios

- publicidade -

Em comunicado enviado à comunicação social, a Comissão Concelhia do CDS-PP Seixal informa que o eleito do CDS-PP na Assembleia Municipal do Seixal, João Rebelo, questionou esta quarta-feira a Câmara Municipal do Seixal relativamente à Escola Básica de Santa Marta de Corroios.

«É sabido que a Escola Básica de Santa Marta de Corroios conta já com mais de 30 anos e nunca recebeu obras profundas; a Câmara Municipal do Seixal não respondeu ao pedido da concelhia do CDS-PP do Seixal, para visitar a escola em epígrafe, os pais queixam-se das condições da escola, nomeadamente salas com muita humidade, chegando a acumular bolores nalgumas zonas; nas janelas chega a correr água ao ponto de se formarem poças de água nos parapeitos; o material está gasto e obsoleto; as condições das casas de banho deixam muito a deseja; os bolores são nocivos para a saúde das crianças, levando a crises de asma, alergias respiratórias e infeções.

A Câmara Municipal do Seixal informou a Associação de Pais da escola no passado mês de julho, que no mês seguinte a escola iria encerrar para sofrer obras profundas, o que não aconteceu; o custo do ATL é de 100€ independentemente dos rendimentos dos pais e ainda acresce o valor da alimentação; há queixas quanto à qualidade da alimentação servida no refeitório escolar; o espaço exterior onde as crianças brincam está desleixado, o piso é em areia e irregular.

Assim, quis o eleito João Rebelo saber: quantos alunos tem atualmente a escola; qual o motivo para a autarquia não autorizar à concelhia do CDS-PP Seixal a referida visita; qual o motivo para não substituírem os materiais desgastados e obsoletos; qual o motivo para não terem feito obras necessárias para o bem-estar dos alunos; para quando estão previstas as referidas obras; por que motivo a autarquia não institui um modelo de ATL pago consoante os rendimentos das famílias; a autarquia tem conhecimento das queixas quanto à alimentação e se sim que esforços encetou para melhorar a qualidade da alimentação na escola.»


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo