CDS-PP Seixal interroga executivo acerca da Agência Municipal de Energia

O eleito do CDS-PP na Assembleia Municipal do Seixal, João Rebelo, questionou por escrito o presidente da Câmara do Seixal relativamente à Agência Municipal de Energia do Seixal.

0
81
DR
Tempo de Leitura: 1 minuto

Em comunicado enviado às redações, a Comissão Concelhia do Seixal do CDS-PP informa que «o eleito do CDS-PP na Assembleia Municipal do Seixal, João Rebelo, questionou por escrito o presidente da Câmara do Seixal relativamente à Agência Municipal de Energia do Seixal.

As informações divulgadas à população no site da autarquia são muito insuficientes. Sabe-se que esta agência foi criada no ano 2000, “serve para encontrar soluções concretas que possam servir as populações locais” e tem como finalidade “promover uma melhor utilização da energia em todos os setores de atividade, uma maior utilização das fontes de energia renováveis e proteger o ambiente e contribuir para um desenvolvimento sustentável do concelho”.

Desta forma o eleito João rebelo quis saber porque a Agência Municipal de Energia não está num serviço Municipal e se não existe nenhuma entidade que pudesse fazer o serviço da mesma; quem são as empresas que participam na AME Seixal e com que regularidade; quais os apoios nos últimos anos do Município e das empresas privadas; onde funciona e quem paga os consumos intermédios da AME Seixal (água, luz, material de escritório, rendas); quantos funcionários estão afetos a essa agência? Se estão exclusivamente na agência ou prestam serviço noutro local/ departamento; e por fim qual é o papel da AME junto da Central Fotovoltaica do Seixal (na Verdizela)?»

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome