AtualidadeDestaqueDistritoDistrito Setúbal

CDS-PP questiona Governo sobre a falta de efetivos nos postos da GNR do distrito de Setúbal

- publicidade -

A criação de um programa especial que permite a admissão de 10 000 efetivos para as forças e serviços de segurança durante quatro anos foi garantido pelo Governo, no Programa que apresentou à Assembleia da República, e reafirmado no Orçamento de Estado para 2020.

O deputado do CDS-PP, Telmo Correia, dirigindo-se ao ministro da Administração Interna, questiona esse compromisso, procurando saber se existe algum plano de emergência para colmatar a falta de efetivos nos postos da GNR do distrito de Setúbal e quais foram as admissões durante o ano de 2020 que, até ao momento, tem sido orientadas para a prevenção e combate aos incêndios rurais, não para o reforço dos efetivos adstritos a funções de segurança pública.

De acordo com o partido, as notícias mais recentes relatam a não realização de várias patrulhas desde o início do mês de julho, em vários postos, nomeadamente da Charneca da Caparica, Trafaria, Costa da Caparica, Fernão Ferro e Paio Pires, devido à insuficiência que existe de efetivos para garantir o patrulhamento. Das que são feitas, algumas contam só com um elemento, o que implica ter de aguardar por reforços em caso de alguma ocorrência, e outras em que um posto tem de cobrir a sua área territorial e a dos postos mais próximos.

Em 2019, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), foram registados 30 262 crimes pelas autoridades policiais no distrito de Setúbal, uma média de 83 crimes por dia.

[themoneytizer id=”61056-1″]

 


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo