AlmadaPolítica

CDS-PP Almada reuniu com Delegação de Almada da Ordem dos Advogados

publicidade

A Concelhia de Almada do CDS-PP realizou uma reunião online com a Delegação de Almada da Ordem dos Advogados, «tendo como objectivo ouvir a ordem a cerca dos problemas e anseios que os advogados têm vindo a manifestar nomeadamente desde o início do surto de covid19», refere a nota de imprensa.

«A Delegação de Almada da Ordem dos Advogados manifestou junto da Concelhia de Almada do CDS-PP as preocupações que têm assolado a classe de advogados em concreto as dificuldades manifestadas em consequência do surto de covid19 que tornou o exercício da profissão ainda mais complicada.

A juntar-se a outros antigos problemas, o surto de covid19, agudizou ainda mais esses problemas que com os tribunais praticamente parados resumidos a casos urgentes, os advogados viram também a sua actividade reduzida a muito pouco com a Justiça a meio gás.

As reivindicações dos advogados centram-se na não equiparação relativamente aos direitos aos restantes profissionais liberais, uma vez que, descontam para uma caixa de previdência própria para os advogados não tendo dai praticamente nenhuns benefícios e direitos .

Os advogados alegam que com esta situação apenas estão suspensas as cotas mensais de pagamento às CPAS (Caixa de Previdência dos Advogados e Solicitadores), no valor de cerca de 240 euros que têm de ser pagos independentemente do valor salarial que cada advogado consegue auferir em cada mês, sendo que os profissionais da classe entendem ser completamente desadequado à realidade e uma verdadeira injustiça fiscal.

Os valores suspensos de Abril, Maio e Junho terão de ser pagos mais tarde o que sem rendimentos, vai complicar ainda mais a vida dos advogados.

A Delegação de Almada entende ainda que a forma como está organizado o espaço no Tribunal de Almada, fica aquém das necessidades e mesmo da privacidade dos advogados no que respeita à forma como exercem a sua actividade.

Por fim, a Ordem em Almada, continua a defender que faz todo o sentido que a mesma faça parte do Conselho Municipal de Segurança da autarquia desejo esse, que ainda não viu satisfeito.

O CDS-PP Almada registou as preocupações dos advogados lembrando que o presidente do partido, Francisco Rodrigues dos Santos, tem apresentado publicamente propostas e soluções ao longo dos últimos dois meses, com o objectivo de contrariar as dificuldades que a classe tem encontrado no exercício da sua actividade laboral.»

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui