AlmadaPolítica

CDS-PP Almada preocupado com medidas de segurança na reabertura de escolas

publicidade

A Concelhia de Almada do CDS-Partido Popular endereçou às redações um comunicado no qual dá conta que, através do seu deputado municipal António Pedro Maco, questionando a mesma acerca das medidas que a autarquia irá implementar junto das escolas do concelho na abertura do novo ano lectivo em Setembro para fazer face à pandemia de covid19.

«Depois de um ano lectivo que termina completamente atípico devido à pandemia de covid19 onde os alunos viram a sua aprendizagem condicionada e mesmo prejudicada, o CDS-Partido Popular Almada quer que os alunos do concelho tenham no próximo ano um começo normal dentro do possível e que no decorrer do mesmo não hajam mais constrangimentos, evitando o encerramento forçado das escolas enviando mais alunos e professores para casa.»

O CDS-Almada alerta para a possibilidade de uma nova grande vaga a partir de Setembro/Outubro, e da lista de locais de elevado aglomerado encontram-se as escolas e os inúmeros espaços frequentados por todos aqueles que compõem a comunidade escolar.

«No caso do município de Almada, o mesmo tutela um considerável número de escolas da sua responsabilidade, razão pela qual, a essa responsabilidade relativamente à concretização de medidas que possam mitigar os contágios na comunidade escolar deve ter em conta a elaboração de um plano local direccionado para os estabelecimentos de ensino devendo ao mesmo tempo manter um diálogo e contacto próximo com os pais e encarregados de educação.»

No requerimento o CDS-Partido Popular questiona ainda a câmara municipal se os alunos, professores e auxiliares «terão à disposição máscaras ou viseiras de protecção individual tal como gel desinfectante, questionando também se serão não necessárias intervenções nas várias infraestruturas e no equipamento escolar tais como nas casas de banho, nos refeitórios e cantinas, nas salas de aula e pavilhões e nas bibliotecas, com o objectivo de estancar possíveis contágios na comunidade escolar do concelho de Almada, pois quando se trata neste caso de crianças e jovens o cuidado deve ser redobrado.»

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui