AlmadaPolítica

CDS-PP Almada contra ideia de ministro de aumentar o preço da água

- publicidade -

Em nota enviada às redações, o CDS-PP Almada repudia as afirmações do ministro do Ambiente, Pedro Matos Fernandes, no Dia Mundial da Água, sobre a possibilidade de vir a aumentar o preço da água.

Para o deputado municipal do CDS-PP, António Pedro Maco, «a posição do ministro não faz o mínimo de sentido, uma vez que se trata do bem mais essencial à vida humana, defendendo que a água deve ser taxada de forma a que todos sem excepção, tenham o seu livre acesso e sem preços inflacionados, razão pela qual, a proposta do ministro para aumentar a água mesmo que advogando que é para combater o seu desperdício, é completamente inusitada e despropositada, devendo ter a oposição firme por parte dos consumidores, adiantou o autarca do partido».

Entende o deputado municipal que «o combate ao desperdício da água não se faz com aumentos das taxas sobre as famílias e sobre as empresas, já de si completamente sufocadas na facturação no final do mês, mas sim, com planos e campanhas de sensibilização, mais informação, investimento e aposta em equipamento que reforce o combate às perdas tal como o reforço à reutilização da água em várias actividades e vários setores, economizando e baixando os custos directos e indirectos da utilização do respectivo recurso».


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui