CDS Almada preocupado com situação no Hospital Garcia de Orta

A Concelhia de Almada do CDS-PP emitiu uma nota de imprensa, relativamente à medida do Governo, Ministério da Saúde em concreto, para fazer frente ao problema do encerramento no período nocturno e aos fins de semana, da urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta em Almada.

0
95
DR
Tempo de Leitura: < 1 minuto

A Concelhia de Almada do CDS-PP emitiu uma nota de imprensa, relativamente à medida do Governo, Ministério da Saúde em concreto, para fazer frente ao problema do encerramento no período nocturno e aos fins de semana, da urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta em Almada.

«A solução que a Ministra da Saúde encontrou para tentar resolver no imediato o fecho permanente nocturno e aos fins de semana, da urgência de Pediatria no Hospital Garcia de Orta em Almada, foi a “transferência desse serviço” para a unidade de saúde, Rainha Dona Leonor no concelho de Almada, está a ser observação com muita preocupação.

Acontece que a escassez e a sobrecarga de trabalho dos médicos já por si, considerável, com a implementação desta solução, vai agudizar ainda mais o problema, sendo que com esta medida de recurso e de última hora, o mais certo é o sistema de atendimento e a qualidade do mesmo naquela unidade de saúde venha mais tarde ou mais cedo a colapsar devido inevitáveis problemas decorrentes da respectiva medida por parte do Governo.

O CDS-PP Almada, teme, corroborando com a posição do sindicato dos médicos, que o serviço de assistência a consultas de médico de família pode estar em causa, colocando em risco o normal acesso aos cuidados de saúde primários, devido à necessidade de reorganização e adaptação à nova realidade imposta pela Ministra da Saúde.

“O problema é sério, não pode ser levado de forma alarmista, mas também não pode ser levado de animo leve, pois o caso é grave e de extrema urgência” afirma a Presidente da Concelhia de Almada do CDS-PP, Sara Machado Gomes.

“O Estado deve avocar para si toda a responsabilidade na resolução imediata dos problemas referentes à Saúde, devendo, como proposta do CDS-PP, recorrer à cooperação com o sector privado e social, capaz de dar respostas adequadas nas questões e nos problemas de saúde”, finaliza a Presidente da Concelhia do CDS-PP.

O CDS-PP está ainda preocupado com os relatos de utentes que se queixam de vários problemas alegadamente denotados na unidade de saúde Rainha Dona Leonor em Almada, nomeadamente, a constante avaria dos elevadores, isto num edifício com inúmeros andares, problema esse, que afecta diversos utentes em concreto os mais idosos e com problemas de locomoção, grávidas, acompanhantes de crianças de colo e outros pacientes.»

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome