AtualidadeDestaqueNacional

Catarina Canelas, jornalista da TVI, vence Prémio Rei de Espanha Ambiental

- publicidade -

O trabalho da jornalista portuguesa Catarina Canelas sobre o impacto do plástico na vida das pessoas venceu hoje o Prémio Especial Ibero-Americano de Jornalismo Ambiental e Desenvolvimento Sustentável, vinculado aos galardões do rei de Espanha.

‘Plástico: O Novo Continente’, emitido pela cadeia de televisão portuguesa TVI a 10 de agosto de 2020, venceu, com a unanimidade do júri, pelas “imagens impactantes que refletem um enorme problema global e a invasão dos plásticos nos mares”.

A reportagem premiada de Catarina Isabel Canelas Gonçalves foi realizada em conjunto com João Franco, Nélson Costa e Teresa Almeida.

Segundo reporta a agência noticiosa espanhola EFE, o Prémio Rei de Espanha destaca o trabalho que contribui para a comunicação de comportamentos e modelos de desenvolvimento sustentável, bem como para uma maior cultura socioambiental.

O trabalho documenta de forma extensa, com uma série de reportagens, entre outras, em Portugal, Cabo Verde, Bélgica, Noruega ou República Dominicana, os perigos que pressupõem a presença do plástico no oceano, sobretudo para os animais marinhos, para a vida selvagem, em geral, e para os seres humanos.

A reportagem recolhe opiniões de especialistas, investigadores, cientistas e de organizações conservacionistas e ecologistas que trabalham também na luta contra o plástico.

O Jornalismo Ambiental e de Desenvolvimento Sustentável é um dos galardões que destacam profissionais da comunicação social receberam hoje na 38.ª edição dos Prémios Internacionais de Jornalismo Rei de Espanha, a que concorreram 155 candidaturas de mais de duas dezenas de países ibero-americanos.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui