Atualidade

Caso Marquês| PGR afirma compreender ‘perplexidade’ sobre decisão instrutória

- publicidade -

A procuradora-geral da República, Lucília Gago, admitiu hoje compreender «alguma perplexidade» manifestada por vários setores da sociedade a propósito da decisão instrutória da Operação Marquês, que desconsiderou a maioria dos crimes imputados pelo Ministério Púbico (MP).

À margem da apresentação de um relatório da Europol na Polícia Judiciaria, em Lisboa, a responsável pela PGR frisou que a decisão de sexta-feira do juiz Ivo Rosa «não é definitiva e que o MP já anunciou que vai interpor recurso».

De acordo com a procuradora-geral da República, esta poderá ser a oportunidade «para refletir e aprofundar certos temas que estão em cima da mesa».

No encontro, questionada sobre esta decisão instrutória, a ministra da Justiça, Francisca Van Dunen, limitou-se a recordar a separação de poderes, afirmando: «As decisões judiciais têm de ser trabalhadas nos tribunais e revogadas pelos tribunais».

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui