AtualidadeCrimeDestaqueFaroInternacional

Caso Maddie McCann: “Os principais responsáveis pelo desaparecimento são os pais”

Caso voltou a ser assunto após entrevista de Gonçalo Amaral a jornal alemão.

- publicidade -

Madeleine McCann desapareceu no dia 3 de maio de 2007, na praia da Luz, no Algarve. Gonçalo Amaral voltou a falar do caso, 14 anos, criticando fortemente a investigação alemã, que aponta Christian Brueckner como suspeito de rapto e morte.

De acordo o Correio da Manhã, o ex-coordenador da PJ de Portimão deu uma entrevista ao jornal alemão Bild, onde disse que “Brueckner não tem nada a ver com o desaparecimento de Maddie. Não seria a primeira vez que um caso seria resolvido com a construção de um suspeito. Os principais responsáveis pelo desaparecimento são os pais. Até hoje não tenho dúvidas de que o sequestro foi simulado”.

Realça o comportamento “estranho” dos pais de Maddie, “quase parecia que nada tinha acontecido. Estavam mais preocupados por não lhes servirem chá do que pela ausência da filha”.
Adiantou que a “investigação devia ter sido mais completa e contemplando a hipótese de assassinato”, que os pais “queriam que investigássemos o caso como se se tratasse de um rapto”.

Sobre Brueckner, disse que na altura o suspeito estava numa “lista de pedófilos que moravam na região”, mas quando foi feita o contacto para apurar factos, “os agentes bateram à porta mas ele não estava em casa”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo