Atualidade

Carta de condução com novo modelo começou a ser fabricada esta segunda-feira

- publicidade -

A Imprensa Nacional Casa da Moeda começou esta segunda-feira a fabricar cartas de condução com um novo modelo, grafismo e um código informático que a torna digital, sem ser preciso andar na carteira para a fiscalização pelas autoridades.

Em comunicado, o Instituto de Mobilidade e Transportes (IMT) afirma que “o novo modelo tem um design inovador, dentro das normas definidas a nível europeu, que incorpora uma melhoria e uma validação de segurança, combinando um aspeto visual do fundo mais harmonioso com motivos anti-cópia”.

Na apresentação do documento, o secretário de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado, afirmou que o novo documento, que inclui impressão holográfica e um código de barras bidimensional QR “dá maiores garantias de segurança, contribuindo para o combate à fraude”.

Esse código, legível pelas câmaras dos telemóveis, permitirá digitalizar o documento e tê-lo disponível sem o cartão propriamente dito.

O presidente do conselho de administração da INCM, Gonçalo Caseiro, disse à Lusa que o cartão inclui vários mecanismos de segurança mas nem todos podem ser tornados públicos, porque “o segredo ainda é a alma do negócio”.

Um dos que é possível revelar e que está bem à vista no novo modelo de carta de condução é a impressão holográfica no canto inferior direito: “consoante o ângulo em que se olha para carta, ora se vê a fotografia [do titular] ou o número da carta e este é um dos elementos de segurança que torna praticamente impossível” uma reprodução que pareça, à vista desarmada, uma carta normal.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui