AgendaCultura

Cantora de jazz Beatriz Nunes abre Festival de Música de Setúbal a 23 de maio

publicidade

Apresentada como uma cantora versátil na música ligeira, no canto lírico e no jazz, onde é mais conhecida, Beatriz Nunes abre aquele que é considerado um dos festivais de música mais inclusivos, no concerto que tem início às 21:00 do dia 23 de maio (quinta-feira), no Fórum Luísa Todi.

“Começámos há nove anos, com esse princípio de promover a inclusão social”, disse o diretor do Festival de Setúbal, Ian Ritchie, na conferência de imprensa de apresentação da 9.ª edição, que decorre de 23 a 27 de maio, na cidade de Setúbal.

Ian Ritchie destacou também o trabalho realizado por alguns alunos que participaram na recolha de memórias junto de instituições de apoio à terceira idade, em Setúbal e Azeitão, que permitiram criar novas canções, convicto de que esse esforço irá proporcionar “momentos comoventes e memoráveis”.

Na tradição estabelecida por anteriores edições, o Festival de Música de Setúbal, este ano, uma vez mais, inspirado no tema “Home”, vai contar com a presença de músicos e artistas reconhecidos a nível internacional, que vão partilhar o palco com jovens da região.

As participações do maestro Paulo Lourenço, da Orquestra Sinfónica Portuguesa, com a maestrina Joana Carneiro, da Camerata do Festival, dirigida por André Gaio Pereira, vencedor do Prémio Jovens Músicos 2017, do trombonista John Kenny e do trompetista Torbjorn Hultmark, bem como da cantora e compositora Merit Ariane e do Ensemble Juvenil de Setúbal, são outros pontos altos do festival que este ano deverá mobilizar mais de 1.500 crianças e jovens de todo o concelho de Setúbal.

Nesta 9.ª edição, a organização destaca também a realização do segundo Simpósio Internacional de Música, Saúde e Bem-Estar, agora alargado a dois dias de apresentações e conversas com especialistas nacionais e internacionais.

Na conferência de imprensa de apresentação do Festival de Música de Setúbal, realizada hoje no Museu do Trabalho Michel Giacometti, a presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira, sublinhou o envolvimento de dezenas de estabelecimentos de ensino e instituições de todo o concelho, e admitiu que o orçamento para a edição deste ano poderá ultrapassar os 200 mil euros, contabilizando todo o apoio logístico e o envolvimento de diversos departamentos camarários.

Maria das Dores Meira salientou ainda que, além do apoio do município, o Festival de Música de Setúbal conta também com apoios financeiros da Fundação Calouste Gulbenkian e da Fundação The Helen Hamlyn Trust.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui