DestaqueDistritoDistrito Setúbal

Câmara investe 363 mil euros em acessibilidades ao Castelo de Palmela

- publicidade -

Inserido no projeto PRARRÁBIDA – CAFA, a Câmara de Palmela lançou recentemente o concurso público para a empreitada de criação de percursos acessíveis no Castelo de Palmela. O projeto terá um valor inicial de 363 mil euros e é cofinanciado pelo POR Lisboa 2020.

As obras vão acabar com as barreiras físicas que possam surgir no percurso atual no Castelo de Palmela, permitindo maior acessibilidade para todos os seus visitantes. O projeto contempla ainda a criação de vários percursos, maioritariamente em pedra, com trajetos simples e bem integrados nos locais de visita. Os pavimentos vão ser confortáveis, antiderrapantes, permitindo também uma circulação mais fácil para pessoas com mobilidade reduzida mas também para visitantes sem qualquer problema de mobilidade.

Nas zonas que não podem ser requalificadas, a Câmara de Palmela irá criar rampas e um grande passadiço metálico.

Pormenores

O Castelo de Palmela é um dos monumentos históricos mais visitado por ano, monumento esse que ao longo da história teve o seu papel importante na vida dos tempos medievais.

Visitas

O Castelo de Palmela é visitado por ano e segundo dados facultados pela autarquia de Palmela, por cerca de 100 mil visitantes.

Concurso público deserto

Anteriormente a Câmara de Palmela tinha lançado um concurso público que ficou deserto, segundo o comunicado da autarquia, este foi relançado, com um preço base superior.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo