AtualidadeInternacional

Calor mata na América do Norte

Cerca de 700 pessoas morreram devido às temperaturas registadas.

- publicidade -

Na América do Norte, o calor extremo registado na última semana tem vindo a fazer vítimas. De acordo com o jornal Público, foi registada a temperatura mais elevada de sempre, à semelhança de Agosto de 2020, no Vale da Morte da Califórnia, 54,4 graus celsius.

Centenas de pessoas, dos grupos mais vulneráveis da população, morreram devido às temperaturas registadas. No Canadá, perto de 500 pessoas faleceram e, nos Estados Unidos da América, 200.

A mesma fonte adianta que a América do nNorte viveu no passado mês de junho, o mês mais quente desde que há registos.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui