Cantinho da Bicharada

Cadela resgatada de Santo Tirso com paus espetados no corpo não resistiu

A 'Espetadinha' recebeu o nome porque foi resgatada do canil de Santo Tirso com vários paus espetados no corpo.

publicidade

Nem todas as histórias são ou têm finais felizes, e esta história começou com a falta de condições em que viviam dezenas de animais num canil ilegal em Santo Tirso, continuou com um incêndio na Serra da Agrela onde morreram dezenas destes animais e teve outro final infeliz com a morte da cadela «Espetadinha»

A «Espetadinha» foi um dos animais resgatados com vida do incêndio que destruiu o canil «Cantinho 4 Patas» mas apresentava uma situação insólita, com três paus de madeira usados para espetadas no estômago e um quarto a sair do dorso.

A cadela ficou aos cuidados da Associação Maranimais‎ que lhe prestou os cuidados médicos para as várias sintomatologias que a «Espetadinha» apresentava, mas segundo as responsáveis da Associação «ela foi piorando a parte respiratória. Foram feitos vários rx que não demonstravam qualquer alteração evidente.

Fazendo deduzir que todo este quadro, inclusive o respiratório, se enquadrava numa alteração a nível neurológico. O resultado de esgana veio negativo.

No próprio dia, ela piorou drasticamente e numa questão de poucas horas veio a falecer, apesar de todos os cuidados que foram prestados, inclusive tentativa de reanimação no Hospital Veterinário de Santa Marinha.»

Para avaliar o que aconteceu com a cadela, a Associação irá realizar uma necropsia «a fim de se tentar perceber todo este quadro que levou a este desfecho tão triste. Esperamos obter alguma resposta com a necropsia… Rói-nos não saber, rói-nos o tanto que ela sofreu, desde início. Sentimos raiva, revolta, tristeza.»

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui