Cantinho da Bicharada

Cadáver de lince ibérico alvejado encontrado num ribeiro junto ao Parque Natural de Doñana

Animal foi abatido a tiro sem qualquer motivo

- publicidade -

O cadáver de um lince ibérico, com marcas de tiros, foi encontrado num ribeiro perto do Parque Natural de Doñana, Espanha, onde vive uma das maiores populações de linces da Andaluzia.

O animal foi atingido na zona do ombro e tinha as patas dianteiras perfuradas por tiros chumbo grosso, cujo uso é proibido naquele país.

O corpo do animal, que aparentava estar no local há vários dias, foi retirado por agentes da Guardia Civil do serviço de Meio Ambiente da Junta de Andaluzia e do Seprona – Servicio de Protección de la Naturaleza de la Guardia Civil (equivalente ao SEPNA português), e foi enviado para o Centro Andaluz de Diagnóstico para ser realizada uma necropsia.

«A caça furtiva é a segunda causa de morte do lince ibérico no Parque de Doñana, alcançando um total de 16% das mortes não naturais, depois dos atropelamentos» explicou Juan Romero, da associação Ecologistas en Acción. O ambientalista lamenta a morde de mais um animal às mãos de «uma pessoa que é um delinquente, não um caçador. A sua intenção foi apenas a de causar dano e morte, porque não se confunde um lince com qualquer outro animal, e não tem qualquer tipo de aproveitamento, nem sequer como troféu.»


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo