Estilo de Vida

Cabelo seco ao natural ou com secador?

- publicidade -

Devo secar o cabelo ao natural ou com secador?

Devo secar o cabelo ao natural ou com secador?

Esta é uma das perguntas que já deve ter feito a si mesma quando acaba de fazer a sua higiene diária.

O Diário do Distrito quis saber a opinião de um entendido e foi ao encontro do cabeleireiro David Xavier.

David Xavier, cabeleireiro natural de Almada

De acordo com o advisor da Alfaparf Milano não existe “uma resposta universal, depende do efeito que se quer dar ao cabelo”.

E vai mais longe na explicação no que toca àquilo que a comunidade científica tem estudado sobre o assunto.

“Não há grande consenso na ciência capilar, pelo menos que eu conheça, quanto ao secar o cabelo ao natural ou com recurso a secador. Os últimos estudos científicos que li, há cerca de um ano e tal, sobre o assunto indicam que a secagem do cabelo “bem-feita”, com secador, sem o recurso a temperaturas muito altas e com o auxílio de todos os produtos de proteção térmica, pode ser benéfica para o bolbo do cabelo, fazendo com que a sua vida seja mais longa e saudável, já que a presença da água no couro cabeludo é dissipada com a pressão e calor do aparelho”, esclarece o hairstylist de 35 anos.

Já questionado sobre que secador aconselha, o autor de visuais icónicos como o de Mariana Monteiro e Iolanda Laranjeiro nos Globos de Ouro de 2019 faz um alerta.

“Nos dias que correm existe, e bem, muitas preocupações com a saúde dos fios de cabelo. No mercado profissional, conseguimos encontrar uma variedade enorme de produtos, sobretudo de styling e de texturizantes, que protegem as fibras capilares das ferramentas de calor como é o secador, a placa de alisar ou o modelador de caracóis. E é preciso usar esses produtos antes de usar os aparelhos”, explicou o almadense.

E sobre as ferramentas térmicas, David Xavier esclareceu que “apesar de serem aparelhos tecnologicamente avançados e que ajudam bastante a ter um visual mais cuidado, é muito importante ter em conta o excesso de calor pode vir daí e o que isso constituir para o cabelo, como uma agressão involuntária. A utilização em excesso de secador ou de outra ferramenta térmica, e sem qualquer tipo de proteção, pode trazer graves consequências para a saúde do cabelo, como meios e pontas ressequidas, alteração da forma natural do fio e fibra capilares, alteração da coloração, entre outras situações”.

Face a esta explicação, perguntámos a David Xavier qual são os produtos e secadores que recomendaria e o cabeleireiro de Almada foi esclarecedor na sua resposta.

“O importante é fazer-se um diagnóstico junto de um profissional de cabelo. Por isso, e primeiro que tudo, o que recomendo é que as pessoas peçam conselhos ao seu cabeleireiro”.

E acrescentou.

- publicidade -

“De forma geral, e isto é uma dica para todos os tipos de cabelo e couro cabeludo, posso dizer que o importante é lavar e cuidar do cabelo com os produtos indicados à tipologia capilar. Depois, o próximo passo é texturizar e, para isso, há um produto que considero um ‘must-have’ em todos os armários de higiene pessoal, que é um protetor térmico. Na minha opinião, o melhor do mercado é o Style Stories Thermal Protector Spray da Alfaparf Milano, que além de proteger o fio do cabelo das temperaturas das ferramentas térmicas, atua também como tratamento capilar graças ao extrato de moringa oleifeira”.

Style Stories Thermal Protector da Alfaparf Milano

Já sobre qual o melhor secador, o proprietário do Atelier Chiado Hair Salon e do Dx Concept Almada, faz mais um aviso antes de fazer a recomendação.

“As ferramentas térmicas, como o secador, devem usar-se com temperaturas medianas, juntado a isso, um produto de proteção térmica de acordo com as necessidades do cabelo. Antes de usar o secador, deve aplicar-se o Style Stories Thermal Protector Spray da Alfaparf Milano nos meios e pontas do cabelo. Neste momento, o secador que me dá mais garantias no respeito a estes requisitos é o secador de Gamma Piu Plasma, que tem uma lâmpada UV que ativa o ar e o transforma em oxigênio ativo, que depois atua nas moléculas de cor, melhorando a estabilidade e duração do brilho capilar e tem todos os indicativos de regulação de temperatura”.

Secador de Gamma Piu Plasma

Por fim, David Xavier deixa um desafio.

“Vão sentir a diferença não só na secagem, como também no resultado final com estas dicas”.

Fotos: Pexeles, Alfaparf Milano e Gamma Piu


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo