Famosos

Bruno Nogueira chama São José Lapa de “velha” e acusa-a: “não tinha” como hater

- publicidade -

Bruno Nogueira em entrevista a Pedro Ribeiro e Rita Rugeroni, no podcast “É Preciso Ter Lata”, não foi brando nas críticas a São José Lapa, em resposta às críticas que a atriz fez ao seu programa “Princípio, Meio e Fim”, na SIC.

São José Lapa disse que o formato “não é um programa de humor”, mas sim “uma coisinha”, alegando no seu Facebook que se baseia em “escatologia, sexo e umas tantas caralh*as”, “elementos primordiais de qualquer merd”.

Bruno Nogueira respondeu-lhe com ironia e disse que “não tinha” a atriz como hater. “Mas concordo com tudo o que ela diz. Eu próprio acho isso do programa. E não se contraria São José Lapa. É sempre um princípio… Nem Simone de Oliveira. Há pessoas que uma pessoa não contraria”.

E continuou as críticas: “Com este programa, acontece uma coisa que acho que também acontece com comédia e a arte em geral. Vais a uma sapataria e calças o 42. Se pedires o 38, as pessoas dizem: ‘Então, mas você calça o 42’. ‘Está bem, mas apetece-me tentar o 38’. Depois, queixam-se dos dedos, que estão tortos e doem, e das unhas encravadas. E há pessoas que, com este programa, fazem isto. Pedem o 38, mas calçam o 42.”

.”A São José Lapa calça o 38. Está tudo bem, não tem de calçar o 42… Agora, dir-se-á que não é, se calhar, a maneira mais inteligente de comprar sapatos… Há tanta coisa, tanto sapato, grande, aquela pantufa da Serra da Estrela grandalhona e aqueles chinelos que não têm a parte da frente…”.

Mas não se ficou por aqui e foi mais longe: “Acho que deve ser muito complicado envelhecer nesta profissão. Acho que, às vezes, há dissabores que são difíceis de manteres para ti próprio”.

E diz mesmo que é um perfil que não gostava de se tornar: “exemplos de coisas que gostava de não seguir”. “Quando vejo a velha guarda a tentar boicotar a nova geração é sempre uma lição para mim: se tudo correr bem na minha vida, não quero repetir, é sempre um sinal de que está a correr qualquer coisa mal ali naquele envelhecimento”.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui