AtualidadeDesportoDestaqueJustiça

Bruno de Carvalho processa grupo Cofina

- publicidade -

Bruno de Carvalho processa o grupo Cofina. Em entrevista à ON FM, no programa FmCafé, o ex-presidente do Sporting, adiantou que se trata de um processo com cerca de 400 folhas e mais de mil anexos.

“É o maior processo de sempre em Portugal e na Europa, em termos de pedido de indemnização a um grupo de comunicação social”, adianta o mesmo.

“Estamos a falar de mais de mil notícias de calúnia e difamação dentro do grupo Cofina”, referindo-se à CM TV, Correio da Manhã, Jornal Record, Jornal de Negócios, Revista Sábado e Revista TV Guia.

São 41 arguidos – Grupo Cofina, 39 jornalistas e a Irina Yankovich, mãe da filha mais velha de Bruno de Carvalho, “pela entrevista vergonhosa que deu à TV Guia”.

“É o grupo que mais contribuiu para a minha humilhação, calunia e difamação, e que mais beneficiou financeiramente com tudo aquilo que aconteceu, e isso fica provado no processo. (…) E, se eles pensavam que aquilo era só ir chamar os advogados de sempre, eu acho que estão enganados, porque vão enfrentar, de facto, o maior processo que Portugal já viu… e que a Europa já viu. E, sinceramente, em termos de dimensão, eu penso que o próprio mundo já viu”. 

Apurado pelo Diário do Distrito, a entrada oficial do processo foi no dia 5 de janeiro e a distribuição dia 6, estando entre os arguidos Octávio Ribeiro, Octávio Lopes, Tânia Laranjo, Henrique Machado e Bernardo Ribeiro.

Entrevista à On FM (momento a partir dos 1:54:13):

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui