Parceiros
DestaquePaís

BOMBEIROS – Federação de Setúbal apoia boicote ao envio de informação aos CDOS

Num comunicado publicado na sua página sob o título «Pelos Bombeiros, Pelos Portugueses, Por Portugal! Socorro jamais estará em causa!», a Federação dos Bombeiros do Distrito de Setúbal considera que «nos últimos tempos temos assistido a um tratamento injusto e de enorme desrespeito pelos homens e mulheres que abraçaram voluntariamente esta missão, deixando muitas vezes as suas famílias, arriscando a própria vida em prol da vida do outro sem receber nada em troca».

Considerando que os voluntários «que envergam a farda, com grande altruísmo e dedicação, fazem-no com a única missão de servir as populações e o seu país», a Federação lamenta que «após sucessivos acontecimentos que indignaram os bombeiros portugueses, chegou o momento de tomarmos posições fortes de luta para que a tutela perceba que não pode continuar a tratar desta forma os Bombeiros que são o maior agente de protecção civil em Portugal.»

No documento assinado por João Ludovico, presidente da Federação de Bombeiros do distrito de Setúbal, é ainda referido que «não queremos condecorações, não estamos aqui por dinheiro, pois já temos o mais importante reconhecimento: a confiança das populações» e admite que «a luta que estamos a travar é para que o Governo volte à mesa das negociações e aceite as reivindicações dos Bombeiros Portugueses».

Em declarações ao JN, João Ludovico, aponta para uma adesão de 76% das corporações no distrito ao protesto, e refere que «apenas quatro das 25 corporações do distrito não aderiram, mas é esperado que esse número diminua durante o dia de hoje».

Os elementos da Federação vão reunir hoje, a partir das 21h00, no quartel dos Bombeiros de Grândola, para realizar um balanço da actividade operacional desde o início do protesto e definir as próximas orientações de articulação e coordenação das corporações de Bombeiros no distrito.



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.