bombeirosNacional

Bombeiros com mais 122 Equipas de Intervenção Permanente

O Governo vai assinar esta sexta-feira os protocolos para a constituição de 122 Equipas de Intervenção Permanente (EIP).

- publicidade -

O Governo vai assinar esta sexta-feira os protocolos para a constituição de 122 Equipas de Intervenção Permanente (EIP), compostas por 610 bombeiros profissionais, nas corporações.

Em comunicado, o Ministério da Administração Interna (MAI) refere que estas 122 novas EIP vão ser criadas em 95 municípios e, na sua maioria, estas equipas vão ser as segundas a ser constituídas na mesma corporação de bombeiros. Segundo o MAI, 11 vão ser as primeiras, 110 serão as segundas equipas e uma corporação de bombeiros passe a acolher a terceira EIP.

Criadas em 2001, estas equipas são constituídas por cinco elementos cada, que estão em permanência nos quartéis de bombeiros para ocorrer a qualquer situação de urgência e emergência registada no concelho.

Com a criação das novas 122 EIP eleva-se para 528 o total de equipas já protocoladas, o que corresponde a um crescimento para mais do triplo desde 2016, quando existiam 169. Estão atualmente a funcionar 359 Equipas de Intervenção Permanente, envolvendo um total de 1807 operacionais.

O MAI destaca que as EIP são formadas por “bombeiros profissionais e caracterizam-se pela sua elevada especialização, com competências em valências diferenciadas para atuarem em diferentes cenários”.

Do conjunto das 528 equipas protocoladas até agora, três em cada quatro foram criadas desde 2017 e no quadro da reforma do sistema de Emergência e Proteção Civil.

A cerimónia de assinatura dos protocolos para a constituição de 122 EIP vai realizar-se em Mação, no distrito de Santarém, e é presidida pela secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo