coronavírus

Bombeiro em protesto silencioso pelas ambulâncias esperarem mais de 12 horas no hospital de Santa Maria

- publicidade -

O Hospital de Santa Maria tem enchido de ambulâncias com filas de 30 ambulâncias à porta e os bombeiros a esperarem no local mais de 12 horas, avançou a SIC Notícias.

Os bombeiros acenderam as luzes de forma intermitente em sinal de protesto por estarem sem comer desde as 19h00 de quarta-feira, até pelo menos até às 07h40 de hoje, e não receberem auxílio por parte da Proteção Civil, informou a TVI24

A demora por parte do hospital motivou um protesto silencioso por parte dos bombeiros que se encontravam no local à espera, tendo as luzes dos veículos tido sido ligadas de forma intermitente. No entanto, o próprio hospital pediu que as luzes fossem desligadas, uma vez que podiam perturbar os doentes.

O Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte em nota enviada à Lusa indicou que das ambulâncias à espera na porta do Hospital Santa Maria, “apenas 15% dos doentes transportados em ambulâncias justificam o recurso a urgência hospitalar”, os restantes “são triados com prioridade verde ou azul, representando uma sobrecarga evitável”.

Assim, a administração pede à população que só recorra às urgências de covid-19 se assim se justificar, pedindo para se dirigirem aos Centros de Saúde.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui