DesportoDistrito SetúbalSeixal

Boa estratégia do Amora FC derrota líder

publicidade

Num jogo decidido por duas grandes penalidades, houve muita emoção na Medideira, com várias oportunidades para ambos os lados, com sinal mais do Praiense na primeira parte e muita concentração e rigor defensivo do Amora.

O sonho continua na Medideira! O Amora FC derrotou o Praiense SC e voltou a reduzir distâncias para o topo da classificação.
Num jogo difícil, os primeiros minutos foram de domínio da equipa açoriana, a não deixar o Amora aproximar-se da baliza de Tiago Maia, mas sem no entanto conseguir criar oportunidades de golo.
Aos 23′ mão na bola na grande área açoriana e Joca a não falhar na marcação da grande penalidade.
A vencer o Amora tornou-se mais perigoso e podia ter feito o segundo quando Jussane se isolou após ultrapassar dois adversários e ficar com a baliza à sua mercê, mas o árbitro invalidou o lance por suposta falta do avançado amorense.

Na segunda parte o líder da serie D pressionou a equipa da casa, tudo tentou para conseguir marcar mas Patrick esteve em dia sim. O Amora ia ameaçando o golo em transições rápidas e já depois de ver um remate do Praiense acertar no poste já perto do final, Joca acelerou para a grande área adversária e Diogo Careca teve que recorrer à falta para o travar. Livre perigoso e cartão vermelho. Poucos minutos passaram, a mesma estratégia, Rúben Fidalgo arrancou perto da linha de meio campo, correu para a baliza de Tiago Maia e apenas foi parado em falta por Cristiano Magina. Grande penalidade e segunda expulsão.
Chamado a bater Rúben Fidalgo marcou golo e a Medideira rebentou de alegria. O sonho de atingir a zona de acesso ao playoff continua bem vivo e para a semana há jogo importante no Oriente, segundo classificado.

Amora FC 2 – 0 SC Praiense
Campeonato de Portugal Série D 18/19 – Jornada 28
Estádio da Medideira, Amora

Amora FC: Patrick Costinha, Chico Gomes, Tiago Duque, Rúben Nunes, Miguel Pinéu, Johnson Juah (Edi Tavares 55′), Chris Nduwarugira, Leo Tomé, Jussane (Rúben Fidalgo 71′), Joca, Luís Elói (Gildo Lourenço 76′)
Treinador: Pedro Russiano

SC Praiense: Tiago Maia, Celso Raposo (Buba 74′), Diogo Careca, Cristiano Pascoal, Itto Cruz, Vladimir Forbs, João Peixoto, Diogo Moniz (Vitinha 60′), Sérgio Teles (Diogo Fonseca 64′), Cristiano Magina, Danny Esteves
Treinador: Francisco Agatão

Intervalo: 1-0

Marcadores: 1-0 Joca (g.p.) 25′; 2-0 Rúben Fidalgo (g.p.) 90’+9

Expulsões: Diogo Careca 90’+4; Cristiano Magina 90’+8

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui