Cantinho da BicharadaMundo

Biólogo polaco classifica gatos como ‘espécie invasiva alienígena’

- publicidade -

Wojciech Solarz é um biólogo na Academia de Ciências da Polónia, sedeada em Varsóvia, e tem vindo a participar numa actualização da base nacional gerida pelo Instituto da Conservação da Natureza, daquela instituição.

À base de dados, que já tem 1.786 outras espécies listadas, Wojciech Solarz acrescentou o número 1.787 – o ‘Felis catus’, nome científico do gato doméstico, o qual classificou como «uma espécie invasiva alienígena», citando o impacto negativo que os felinos causam na biodiversidade, ao caçarem e matar pássaros e outros animais selvagens.

Para Solars, o critério de inclusão do gato na categoria de espécie invasiva alienígena «é cumprido a 100% pelo gato».

O que o biólogo não esperava era a reação dos amantes destes seres tão especiais, já honrada desde o Egipto Antigo, onde inclusive foi dada a sua forma a uma deusa, Bastet.

Após um debate na televisão independente TVN, na qual o biólogo discutiu com um veterinário estas conclusões, as reações sucederam-se, o que levou mesmo Solarz a dar uma entrevista à Associeted Press, na qual frisou que «algumas notícias na comunicação social criaram uma falsa impressão que o Instituto estava a defender que os gatos deveriam ser eutanasiados».

Também a Academia publicou um texto no seu site, onde procurou clarificar a sua posição, e realçando que «se opunha a qualquer crueldade para com os animais», ao mesmo tempo que argumentava «que a classificação estava de acordo com as orientações da União Europeia».

Já quanto à classificação de ‘alienígena’, o Instituto referiu que o ‘Felis catus‘ foi domesticado há cerca de dez mil anos no berço das grandes civilizações do antigo Médio Oriente, o que torna a espécie estranha à Europa de um ponto de vista estritamente científico.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *