TV e Cinema

Big Brother: Mãe de André Filipe diz que o filho “teve de ser amarrado no hospital”

publicidade

André Filipe teve um surto psicótico depois da expulsão do “Big Brother” “e “teve mesmo de ser amarrado no hospital”, adiantou a mãe do concorrente do Barreiro à Nova Gente.

Hélia Monteiro, mãe de André Filipe, adiantou que percebeu “que a situação estava incontrolável” e teve mesmo de chamar o INEM.

“Teve de ser amarrado no hospital porque estava aos gritos. Dizia ‘o BB é amigo. Ó mãe, salva-me, tira-me daqui’. Foi muito complicado para mim e tiveram de me mandar embora. Quando eu saí do hospital, só o ouvia gritar ‘o BB é amigo’. Ele não conseguiu sair da personagem que criou”, adiantou à “Nova Gente”.

André Filipe deu entrada no Hospital de São José, em Lisboa, mas entretanto já foi transferido para o Hospital do Barreiro. “Ontem falei com ele e ainda não estava bem. Eu não consigo ir vê-lo por causa da Covid e eles só dão informações às cinco da tarde. Mas o tio, que trabalha no hospital, esteve com ele ontem e diz que ele estava mais calmo. Já está a entrar na realidade”.

“Quando ele desmanchou as coisas na casa, quando retirou o espelho e os interruptores, ele pensava que estava dentro de um jogo. O André entrou no ‘Big Brother’ como se estivesse numa personagem do filme ‘Jumanji’ e estava à procura de sinais e códigos para salvar os colegas. Ele contou isto ao pai. Falou em códigos, em sinais. Na prática, ele perdeu a noção e não conseguiu sair dessa personagem. Só agora, quando ele falou nesse filme, é que se fez luz para a família”.

Esta situação de delírio é algo nunca vivenciado pela família, mas já anteviam esta situação: “Isto já tinha acontecido em algum momento? “Lembro-me de uma situação, há uns quatro ou cinco anos, em que ele estava a tirar um curso de teatro e, durante os ensaios para a peça final desse curso, ele chegava a casa dentro da personagem. Foi muito complicado. Até ao dia da apresentação da peça, ele viveu sempre aquela personagem muito intensamente. Mas nunca tinha acontecido isto. No ‘Big Brother’, ele foi engolido pelo próprio jogo. No dia em que o levei para casa, ele quis ir na carrinha da produção”, conclui Hélia Monteiro.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui