Atualidade

Batalha de Aljubarrota fez 635 anos e teve comemorações

A batalha de Aljubarrota fez ontem 635 anos e contou com comemorações do Exército Português no local da batalha, no campo de São Jorge.

- publicidade -

A batalha de Aljubarrota fez ontem 635 anos e contou com comemorações do Exército Português no local da batalha, no campo de São Jorge.

“A 14 de agosto de 1385, no âmbito da invasão do território nacional por tropas de Castela, foi travada a Batalha de Aljubarrota no campo de São Jorge, pertencente à freguesia da Calvaria de Cima, concelho de Porto de Mós, entre as tropas luso-saxónicas, comandados por D. João I de Portugal e o seu condestável D. Nuno Álvares Pereira, e o exército castelhano e seus aliados liderados por D. João I de Castela, culminando na vitória portuguesa que pôs término à crise de 1383-1385, consolidando com este feito a independência do Reino de Portugal”, pode ler-se na nota do Exército.

“A cerimónia foi presidida pelo Diretor da Direção de História e Cultura Militar, Major-General Aníbal Alves Flambó, contando com as presenças do Vice-Presidente da Câmara de Porto de Mós, Sr. Eduardo Amaral e do presidente da Fundação da Batalha de Aljubarrota, Dr. Alexandre Patrício Gouveia, entre outras entidades civis e militares”.

As comemorações tiveram uma missa campal, celebrada pelo Major Capelão Luís Manuel Morouço Almeida Ferreira, e uma cerimónia de homenagem aos militares mortos, juntamente com a palestra sobre a Batalha de Aljubarrota, proferida pelo Coronel de Infantaria Américo José Guimarães Fernandes Henriques.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo