BarreiroDistrito

BARREIRO – Tribunal adia leitura de medidas de coação a Bruno de Carvalho e Mustafá para as 11:00

Bruno de Carvalho e Mustafá foram detidos na noite de domingo e ouvidos durante dois dias no Tribunal do Barreiro, esta quinta-feira os 39º e 40º detidos por suspeitas de envolvimento no ataque à Academia de Alcochete vão conhecer as medidas de coação.

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho e o líder da claque Juventude Leonina, conhecido no meio por Mustafá, vão conhecer esta manhã as medidas de coação no âmbito da investigação à invasão à academia de Alcochete. A leitura das medidas de coação que estavam marcadas para as 10:00 foram adiadas para as 11:00, o adiamento deve-se à greve parcial dos funcionários judiciais, greve essa que levou às consequentes interrupções do interrogatório aos arguidos ontem.

Foi no passado domingo já ao inicio da noite que Bruno de Carvalho e Mustafá foram detidos com base em mandados emitidos pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa. Os detidos encontram-se desde as 09:00 no Juízo de Instrução Criminal do Barreiro, onde o juiz Carlos Delca vai ler as medidas de coação a serem aplicadas aos detidos.

O processo que está em fase de investigação por parte das autoridades remonta a 15 de maio deste ano, quando a equipa de futebol do Sporting sob o comando do treinador Jorge Jesus, foi atacada na academia do clube, em Alcochete, por um grupo de cerca de 40 alegados adeptos encapuzados, que espalharam naquela tarde o terror nos balneários com agressões e destruição.

No próprio dia a GNR deteve 23 pessoas e iniciou uma autêntica maratona de detenções, este domingo culminou com a detenção do ex-presidente do clube e o líder da claque leonina. Em prisão preventiva continuam 38 detidos que aguardam julgamento.



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.