Barreiro

BARREIRO – Marcha contra a violência contesta saída de agressor do Hospital

O movimento cívico ‘Acção Contra Violência de Género-Barreiro’ vai organizar uma marcha no dia 15 de Dezembro, com início às 15h00 contra a violência sobre as mulheres do Barreiro.

Em causa está a saída do Hospital de Bruno Miguel Costa, o agressor de mulheres, que ali tinha sido internado compulsivamente depois de várias iniciativas públicas denunciando as agressões que o homem tem perpetrado há cerca de quinze anos.

Bruno Miguel teve alta no dia 22 de Novembro, e ficou obrigado a comparecer no Hospital para receber injeções mensais que possam controlar a sua esquizofrenia.

A marcha irá começar no Tribunal do Barreiro segundo nova informação na página do Movimento.

A organização pede a participação de todos e o uso de «uma camisola branca em homenagem à paz que não se faz sentir».



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.