Parceiros
Uncategorized

Barreiro | Detido por tráfico de estupefacientes em colectividade fica com apresentações periódicas

O Ministério Publico do Barreiro apresentou a primeiro interrogatório judicial um arguido «fortemente indiciado da prática de um crime de tráfico de estupefacientes», depois de ter sido apreendido na sua residência no Barreiro, na sequência de mandados de busca, 33,65 gramas de cocaína e 16 comprimidos utilizados para o corte da cocaína.

Foram ainda apreendidas, nas instalações de um Grupo Cultural e Recreativo, 25 embalagens de heroína, com o peso bruto de 2,99 gramas bem como 8,50 gramas de cocaína cozida e 10 gramas de cocaína.


O arguido, de 21 anos, não tem registo de antecedentes criminais.

No decurso do interrogatório judicial, o Ministério Público promoveu que o arguido ficasse sujeito às medidas de coação de apresentações bissemanais na PSP; proibição de contactos com pessoas ligadas ao tráfico/consumo de estupefacientes; e proibição de frequentar locais ligados ao consumo/tráfico de estupefacientes, as quais foram aplicadas pelo juiz de Instrução Criminal.

A investigação prossegue sob a direção do Ministério Público da secção do Barreiro do DIAP da comarca de Lisboa, coadjuvado pela PSP do Barreiro.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carreguem em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.