Parceiros
BarreiroPaís

BARREIRO – Consulta pública sobre terminal portuário até Dezembro

Encontra-se aberta a consulta pública sobre o Terminal Portuário do Barreiro, que decorrerá até 7 de Dezembro de 2018 através do link: http://participa.pt/consulta.jsp?loadP=2363

Está previsto que a obra tenha uma duração de 6 anos, com um investimento de 600 milhões de euros, pelo que se tudo correr como previsto, o novo terminal pode começar a funcionar em 2024 ou 2025.

Trata-se de uma obra que vem complementar o terminal de contentores de Lisboa, permitindo um aumento da capacidade de tráfego e que ficará localizado a partir da frente ribeirinha do Parque Empresarial do Barreiro.

Depois do recuo do primeiro projeto, que colocava o terminal precisamente sobre a zona ribeirinha do Barreiro, o segundo estudo de impacto ambiental à construção do futuro terminal de contentores do Barreiro, que vai duplicar a capacidade do rio Tejo para receber contentores, volta a identificar as mudanças na paisagem como o maior impacto negativo da infraestrutura.

O novo estudo afirma que, mesmo com as mudanças implementadas, esperam-se «impactos negativos muito significativos e de magnitude forte» na paisagem, em grande parte devido aos pórticos ou gruas que irão mover os contentores, bem como aos navios de grande dimensão.

Os técnicos que fizeram a avaliação de impacto ambiental defendem que os impactos negativos na paisagem podem ser minimizados, mesmo que essa redução nunca possa ser muito relevante tendo em conta a dimensão da obra.



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


2 Comentários

  1. Terminal de contentores do Barreiro ou Terminal multiusos do Barreiro?
    Os Pilotos da Barra do porto de Lisboa foram consultados sobre aspectos técnicos/operacionais? seria interessante e útil saber-se a sua opinião; o mesmo para os Agentes de Navegação que poderão atestar o número de horas e horas que navios esperam em Cascais ou fundeados no Tejo esperando pela maré de enchente. Estarei desactualizado ou mal informado?
    O edital da Capitania do porto de Lisboa irá ser alterado ou, tal como agora com o canal actual, navios só poderão entrar/sair pelo renovado canal de acesso com “a água a encher”( por questões que se prendem com a segurança da navegação) isto é, 6 horas + 6 horas em cerca de 24 horas?
    A largura do canal permitirá o cruzamento de navios ou, pelo contrário, um navio “de saída” larga do cais, sai pelo canal enquanto outro espera na área de Cacilhas para poder começar a entrar e vice-versa?
    O futuro terminal, a ser concretizado, nunca deixará de ser rotulado internacionalmente como um “TERMINAL DE MARÉS” com todo o peso negativo que isso acarretará!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.