Parceiros
BarreiroJustiça

Barreiro | Acusado de vários crimes de roubo e violência fica em prisão preventiva

O Ministério Público do Barreiro apresentou a primeiro interrogatório judicial um detido, a quem foi imputada a prática de dezasseis crimes de furto qualificado, um crime de roubo e dois crimes de violência depois da subtração.

O arguido está indiciado por se deslocar a estabelecimentos comerciais, onde se apoderava de bens que ali estavam expostos para venda ao público, sem fazer o respetivo pagamento.


«Toxicodependente, desempregado e sem quaisquer rendimentos, o arguido faria da prática de crimes contra o património o seu modo de vida» refere a acusação.

O processo em causa tem quinze inquéritos apensos. Em causa estão factos praticados entre outubro de 2019 e agosto de 2021, tendo o arguido sido detido em cumprimento de mandados de detenção fora de flagrante delito, emitidos pelo Ministério Público.

O juiz de instrução criminal aplicou a medida de prevenção de prisão preventiva.

A investigação é dirigida pelo DIAP da Procuradoria da República da Comarca de Lisboa, Secção do Barreiro, com a coadjuvação da PSP do Barreiro.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.