Crime

Barcelos: Cão encontrado morto e amarrado com arame numa árvore. Associação quer encontrar autor do crime

- publicidade -

O alerta de um cão encontrado em óbito amarrado a uma árvore, pelo pescoço com um arame, chegou à GNR através de um popular da freguesia Rio Covo Santa Eugénia, em Barcelos.

O crime já está a ser investigado pelas autoridades, mas a associação “SOS Bigodes” oferece uma recompensa a quem identificar o autor do crime.

O cão não tem microchip e foi preso à árvore há cerca de uma semana, tendo mesmo marcas de ferimentos nas patas para tentar fugir: “uma das patinhas e a boquinha estavam magoadas, com o desespero de sair daquele inferno, feriu-se”, explicou fonte da associação ao jornal “O Minho”.

A associação, segundo “O Minho”, adianta que as autoridades e a veterinária municipal estiveram no local e consideraram que “se tratou se um ato horrendo de pura crueldade humana”.

O animal foi colocado ali para morrer: “onde o cão estava não havia grande forma de ser visto, era uma zona deserta”, informam.

A “SOS Bigodes” dá ainda um relato desesperado: “Até tentou escavar à volta da árvore para tentar escapar à morte. MORREU A TENTAR FUGIR. Que ser desprezível é que faz isto? Quem é capaz de prender um cão sabendo que o objetivo é a sua morte”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui