AtualidadeCantinho da Bicharada

Avistamento de tubarões na costa portuguesa aumentou, e há uma explicação

publicidade

Os avistamentos de tubarões na costa portuguesa aumentaram principalmente devido à pandemia, confirmou Nuno Queiroz, investigador independente no CIBIO-InBIO, ao Notícias ao Minuto.

Já no inicio do mês de agosto, os banhistas que estavam na praia da Terra Estreita conseguiram avistar um tubarão-azul a dirigir-se para a praia do Barril, em Tavira. “É bastante comum, sobretudo um tubarão daquela espécie. Eles usam toda a costa este do oceano Atlântico como um berçário. No final da Primavera as fêmeas grávidas vêm para a costa africana e portuguesa e dão à luz”.

De acordo com o biólogo, os tubarões aproximam-se mais da costa portuguesa “pelo facto de não ter havido pesca em março, abril, e maio. O ruído perto das praias e perto dos portos também diminuiu”, o que levou à vinda de mais tubarões.

No entanto, Nuno Queiroz conta que espécies que frequentam a costa portuguesa não são agressivas, mas em caso de avistamento, é recomendado sair da água. Segundo o biólogo, as espécies mais comuns nas águas portuguesas são o tubarão-azul e o tubarão-anequim (mako), o tubarão-frade e o tubarão-baleia.

Ler mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui