Autárquicas 2021PolíticaSeixal

Autárquicas | CDS-PP, PDR, Aliança e MPT anunciam coligação no concelho do Seixal

- publicidade -

Os partidos CDS-PP, PDR, Aliança e MPT chegaram a acordo para apresentar uma candidatura de coligação ao concelho do Seixal.

«A candidatura de coligação para o Seixal constitui um marco de mudança para o concelho, protagonizada por candidatos de confiança, com uma extraordinária capacidade de trabalho e uma visão de futuro para o Seixal» refere Francisco Rodrigues dos Santos, presidente do CDS-PP, citado no comunicado.

Bruno Fialho, presidente do PDR considera que «vencer as próximas eleições autárquicas no concelho do Seixal é o principal objectivo desta coligação, para que seja possível libertarmos o povo do Seixal de uma ditadura comunista de 4 décadas que, ano após ano, vergonhosamente tem alimentado um partido político, financiado a sua festa anual e sido um dos maiores empregadores do distrito, mas somente para os seus militantes e simpatizantes.»

Já Paulo Bento, presidente do partido Aliança, afirma que «estamos perante uma coligação agregadora e inovadora, com vista à implementação de um programa alternativo que quer derrubar o poder instalado. É também uma coligação que irá apresentar soluções concretas aos seixalenses. Estou convicto que  esta candidatura vai mobilizar o Seixal.»

«Esta coligação surge de forma natural na sequência da estratégia aprovada no nosso II Congresso, que procura reunir os partidos não socialistas em plataformas alargadas, que permitam dar respostas efetivas aos justos anseios das populações, cansadas de uma governação, no País e em muitas autarquias, afastada da realidade.»

Em jeito de conclusão, Pedro Pimenta, presidente do Partido da Terra – MPT, considera que «os Seixalenses necessitam de um novo ciclo político, com novos protagonistas e não podem continuar a permitir que um Partido domine a economia e a política do concelho e estenda o seu poder até ao sector privado, satisfazendo os seus interesses e clientelas, muitas vezes em detrimento do progresso económico, social e ambiental».


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui