Seixal

Autarquia do Seixal apresentou queixa por descargas poluentes

- publicidade -

Na sequência das imagens captadas ontem por um munícipe de descargas poluentes no rio Judeu, o Diário do Distrito contactou a Câmara Municipal do Seixal para obter uma declaração sobre a situação.

A autarquia respondeu que «a Câmara Municipal do Seixal verificou a situação exposta, tratando-se de uma operação da responsabilidade da Simarsul.

Já foram pedidas explicações a esta empresa pública do Estado sobre o sucedido, tendo denunciado este atentado ambiental à Inspeção Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território – IGAMAOT.

Entende a autarquia que situações como estas não podem acontecer de forma alguma, quando a autarquia tem investido milhões de euros na requalificação ambiental e paisagística, por forma a promover as melhores condições ambientais no concelho.

A Autarquia paga anualmemente cerca de 6 milhões de euros para o tratamento de esgotos a esta entidade, e não para a sua descarga indevida na Baía do Seixal ou noutro qualquer local, sem tratamento.»

O Diário do Distrito contactou também a Simarsul, que respondeu ter o assunto sido encaminhado internamente para ser depois remetida uma resposta.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo