Covid-19Montijo

Autarquia do Montijo esclarece sobre casos de covid-19 em empresas de transformação de carnes

O Gabinete da Presidência da Câmara Municipal do Montijo emitiu um esclarecimento enviado às redações acerca da transmissão do coronavírus-19 nas empresas de transformação de carnes do Montijo.

«O município do Montijo acompanha diariamente a situação de evolução dos casos positivos para o coronavírus no concelho.

Mantemos um contacto regular com a autoridade de saúde concelhia, com os agentes de proteção civil, com os serviços municipais de apoio domiciliário, com as Juntas de Freguesia e com acompanhamento da concretização das medidas aprovadas pela câmara para combater a pandemia. Esse trabalho é do conhecimento dos montijenses.

Contudo, atendendo ao elevado número de dúvidas manifestadas pela comunicação social e nas redes sociais relativos aos casos positivos para o coronavírus nos trabalhadores de empresas de trabalho temporário contratadas pelas empresas de abate e transformação de carnes no Montijo, consideramos oportuno o esclarecimento dos assuntos que mais dúvidas têm suscitado:

  1. O seguimento dos casos positivos para o coronavírus é realizado pela autoridade concelhia de saúde que, de acordo com a Lei, detém a competência para tal.
  2. Todos os casos testados positivos para o coronavírus no Montijo encontram-se reportados no Boletim Diário da Direção Geral de Saúde.
  3. Como responsável máximo da Proteção Civil Municipal, o Presidente da Câmara acompanha, em permanência, todas as situações reportadas pelas autoridades de saúde públicas do concelho e nacionais. A proteção civil municipal tem disponibilizado todos os meios necessários no combate à pandemia.
  4. A responsabilidade pela higiene, segurança e saúde dos trabalhadores é da inteira responsabilidade das empresas envolvidas. Por isso mesmo, as autoridades de saúde públicas e a Proteção Civil Municipal determinaram a realização de uma bateria de testes a todos os trabalhadores que eventualmente tenham tido contacto com os casos positivos iniciais.
  5. As empresas envolvidas assumiram de imediato a realização de cerca de 140 testes, dos quais deram positivo ao coronavírus 39 trabalhadores, residentes em vários concelhos.
  6. Por determinação das autoridades envolvidas na contenção da transmissão, todos os casos testados positivos para o coronavírus estão em isolamento domiciliário obrigatório, incluindo os casos assintomáticos.
  7. De acordo com informação prestada pela autoridade concelhia de saúde, os casos referidos anteriormente são importados, não se registando, até à data, qualquer transmissão ativa na comunidade.»

Nuno Canta, presidente da autarquia, deixa ainda «uma palavra de agradecimento a todas as entidades envolvidas na contenção da transmissão e no trabalho exemplar que realizaram para salvar vidas».

 


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *