Parceiros
Montijo

Autarquia do Montijo com ‘valores de Investimento sem paralelo nos últimos anos’

- publicidade -

O presidente da Câmara Municipal do Montijo apresentou na última reunião camarária, de 20 de Abril, a Prestação de Contas relativa ao ano de 2021, que «apesar das dificuldades da pandemia e em relação ao ano de 2020, em que a despesa corrente aumentou 2.716.519,50€ e a despesa de capital (investimentos na cidade e em benefício da mesma) aumentou 4.290.785,56€, estes foram valores de investimento sem paralelo nos últimos anos».

No decorrer de 2021, a autarquia montijense obteve um resultado líquido positivo no valor de 1.392.146,85€ e o exercício económico de 2021 encerrou as suas contas com um saldo de execução orçamental de 10.259.174,42€, «o que permite respeitar os compromissos assumidos» sublinhou o autarca.

A tendência da receita total arrecadada, nos últimos cinco anos, foi de crescimento relativamente aos anos anteriores culminando no ano transato, numa receita total de 52.221.520,63€, o que representa uma taxa de realização de 102%.

Em 2021 verificou-se um aumento de receita de 9.262.985,86€, relativamente ao ano anterior, traduzindo-se num aumento percentual de 22% e no que respeita à despesa realizada em 2021 esta foi de 41.962.346,21€ o que representou uma taxa de execução orçamental da despesa de 82%, dos quais 30.622.618,72€ correspondem a uma despesa corrente e 11.339.727,49€ correspondem à despesa de capital.

O presidente recordou «as várias vagas da pandemia, que desde o ano de 2020 têm assolado o nosso concelho obrigaram ao reforço das políticas de solidariedade, de medidas de apoio à economia local e microempresas, e de medidas sanitárias e de proteção das pessoas, bem como à instalação de um Centro de Vacinação em massa da população» e destacou «a lucidez e proporcionalidade das políticas orçamentais, com as quais foi possível continuar a estratégia de desenvolvimento da cidade do Montijo».

O autarca destacou «a oferta alimentar a crianças e pessoas vulneráveis na rede de refeitórios escolares bem como a reabilitação do Cais coberto da estação para desenvolver o projeto Loucamente, da Cercima», além dos apoios a IPSS, a Associações e às Corporações de Bombeiros do Montijo e de Canha.

«Incontornáveis foram também os investimentos estruturantes para o futuro da cidade como a aquisição do Moinho de Maré da Mundet e da caldeira, do terreno para completar o Corredor Verde do Esteval e a aquisição do terreno para a futura Capela Mortuária de Sarilhos Grandes», ao que edil acrescentou «as reabilitações realizadas nos edifícios dos Paços do Concelho e do Pátio de Água, assim como nos fogos dos bairros de habitação social».

A recuperação da EB de Canha, a Centro do Centro Escolar do Afonsoeiro, a renovação dos das salas da EB D. Pedro Varela, a construção da Casa da Música Jorge Peixinho, do Jardim Inclinado da Zona Ribeirinha e a reabilitação da Praça 1.º de Maio, do Largo do Guitarrista e do novo Parque Municipal Infantil em homenagem à Flor foram investimentos realçados pelo autarca nesta reunião, além dos realizados em pavimentações, arruamentos e espaços verdes. 

Na reunião de câmara foram também apresentados os resultados de 2021 dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento com uma execução orçamental da receita num valor global de 103% e uma receita cobrada no montante de 7.409.589,69€.

As receitas da venda de água e da tarifa de saneamento alcançaram o montante global de 6.561.793,68€. No seu conjunto as receitas correntes aumentaram 3,5% face ao período homólogo anterior.

Por outro lado, a execução do orçamento da despesa foi de 95,71% com um valor da despesa paga no montante de 6.879.518,35€.

Os serviços municipalizados pagaram à SIMARSUL um valor de 2.534.655,32€ e o investimento dos SMAS ascendeu a 648.644,32€ representando 87% da despesa de capital.

A nível orçamental o serviço transitou o ano sem qualquer dívida a fornecedores e com um saldo de gerência no valor de 530.071,34€.

- publicidade -

Apesar dos bons resultados orçamentais apresentados o resultado líquido do exercício foi negativo no montante de 562.291,86€.

As contas da câmara e dos SMAS foram aprovadas com os votos a favor do PS e a abstenção do PSD e da CDU.

Fonte: Câmara Municipal do Montijo


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário