Parceiros
Sesimbra

Autarquia distingue professores responsáveis pela Classificação dos Monumentos Naturais de Sesimbra

- publicidade -

Teve lugar este sábado, em Cabo Espichel, a atribuição do medalhão da vila aos professores Luiz Saldanha (título póstumo), Miguel Telles Antunes e António Galopim de Carvalho, «como reconhecimento pelo contributo que deram para a classificação destas três jazidas de pegadas de dinossauros».

Conforme explica a autarquia, «dos sete monumentos naturais existentes em Portugal, três estão no concelho de Sesimbra. A sua classificação foi feita há 25 anos. São jazidas são datadas entre o Jurássico Superior e o Cretácico Inferior.»

No dia 7 de maio completam-se 25 anos da Classificação dos Monumentos Naturais da Pedreira do Avelino, no Zambujal, e dos Lagosteiros e da Pedra da Mua, no Cabo Espichel, e foi para assinalar a data que a Câmara Municipal realizou a cerimónia de distinção dos três professores, em reconhecimento pelos seus contributos para a classificação destas três jazidas de pegadas de dinossauros, numa cerimónia que decorreu na Igreja do Cabo Espichel.

A iniciativa, aberta ao público, relembrou o trabalho desenvolvido pelos três investigadores, como a descoberta dos vestígios de dinossauros na Pedra da Mua, em 1971, pelo professor Luiz Saldanha, no seguimento de uma visita ao local, a convite de apanhadores de algas, no âmbito da sua tese de doutoramento sobre a fauna e flora da costa da Arrábida.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário