Alcochete

Autarquia de Alcochete reduz factura da água e isenta pagamento de rendas

- publicidade -

À semelhança do que o município implementou no decorrer do ano passado, a Câmara Municipal aprovou, para os meses de fevereiro e março, uma redução do tarifário em 35% para os consumidores domésticos e em 30% para os não domésticos do serviço de abastecimento de água e recolha de águas residuais domésticas e resíduos. Esta medida foi aprovada por unanimidade na reunião de câmara de 20 de janeiro.

De acordo com a proposta aprovada na reunião de câmara, «importa mitigar, no atual contexto, os impactos negativos que se fazem sentir na população do concelho de Alcochete, bem como na sua economia, com a implementação de medidas que visam ajudar as famílias e empresários, dando continuidade ao seu bem-estar numa conjuntura de confinamento», referiu o presidente da Câmara Municipal de Alcochete, Fernando Pinto.

O executivo municipal aprovou também por unanimidade a isenção do pagamento de rendas, nos meses de março e abril, de todos os arrendatários do município com contratos de arrendamento habitacional.

Foi ainda aprovada a isenção do pagamento das rendas nos meses de fevereiro e março deste ano aos espaços comerciais do Ginásio Quinta do Valbom e do restaurante A Quinta.

No que respeita à isenção das rendas de imóveis municipais destinados à habitação, Fernando Pinto salientou que esta medida «tem vindo a ser implementada desde março de 2020» e abrange todos os arrendatários do município, num apoio às famílias que representa um valor de cerca de €8.100.

No que se refere à isenção do pagamento de rendas dos espaços comerciais, Fernando Pinto recordou que «é também uma medida que tem vindo a ser implementada durante este ciclo pandémico» e que os dois agentes económicos referidos beneficiam indiretamente de um apoio financeiro global de €2.051.

 Fonte: Câmara Municipal de Alcochete

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui