Parceiros
DistritoLisboa

Autarquia assinala Dia da Europa com alunos de Sintra

A Câmara Municipal de Sintra recebeu, nos Paços do Concelho, cerca de 160 alunos do Agrupamento de Escolas Leal da Câmara - Escola Embaixadora do Parlamento Europeu - para assinalar o Dia da Europa.

- publicidade -

As comemorações tiveram início com o hastear da bandeira, seguida da interpretação do Hino da Alegria pela Orquestra Escolar Jovem, momento em que foram exibidas as Bandeiras dos 27 Estados-Membros da União Europeia.

O presidente da autarquia de Sintra, Basílio Horta, dirigiu-se aos jovens lembrando o momento presente “num dia de paz, em que a Europa festeja um momento muito importante da sua vida e do mundo, nós festejamos essa paz com a presença da guerra no coração da Europa, nas nossas fronteiras. Este momento deve marcar a vossa memória para sempre, porque é um momento decisivo onde a democracia e a liberdade ganham, ou não, perante a ditadura e o desrespeito pelas regras internacionais”.

O discurso do autarca foi marcado pela referência aos milhares de jovens ucranianos que “se encontram longe das suas famílias e das suas casas. Aqueles que acolhemos em Sintra, e em Portugal, são recebidos de braços abertos, pois isso é a solidariedade não apenas europeia, mas de um país que se habituou a viver em solidariedade há já muito tempo”. Para concluir Basílio Horta reforçou que “o papel dos jovens não deve ser de neutralidade, tem de ser um papel empenhado na luta pela liberdade, pela democracia, pela solidariedade, por um mundo mais justo. Porque a paz só vive com justiça”.

No final da manhã, os alunos participaram num pedipaper com início na Volta do Duche e término no Terreiro Rainha D. Amélia. Esta atividade, promovida pela autarquia de Sintra e a Fundação CulturSintra, teve como objetivo a elaboração da bandeira da Europa e ainda a sensibilização para o papel e importância da União Europeia e da democracia parlamentar europeia entre os jovens.

O Dia da Europa assinala o aniversário da “Declaração Schuman” e comemora a paz e a unidade. A 9 de maio de 1950, Schuman propõe, inspirado por Jean Monnet, a criação de uma comunidade europeia para gerir o carvão e o aço (base do poderio militar e do desenvolvimento industrial). Em 1951 é criada a CECA, a primeira organização supranacional e o primeiro passo para a integração europeia. Em 1957, os Tratados de Roma consolidam esta integração com a criação das comunidades CEE e CEEA. Assim, a União Europeia nasceu de uma iniciativa de paz focada na construção de um futuro comum.

Basílio Horta, presidente da Câmara Municipal de Sintra, integra o Comité das Regiões, órgão consultivo da União Europeia, composto por representantes eleitos de autoridades locais e regionais dos 28 países, participando no processo legislativo europeu em temas tão importantes como o emprego, a política social, a coesão económica e social, os transportes, a energia e as mudanças climáticas.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário