AtualidadePolítica

Autarcas independentes exigem alterações à lei eleitoral até 31 de março

Autarcas não estão satisfeitos com Lei Eleitoral

- publicidade -

Autarcas eleitos por movimentos independentes exigiram hoje que, até 31 de março, seja feita “a alteração das inconstitucionalidades” provocadas pelas modificações introduzidas em 2020, pelo PS e PSD, na lei eleitoral autárquica.

«Foram os partidos que criaram este problema, pelo que devem ser os partidos a resolvê-lo», disse aos jornalistas o presidente da Câmara de São João da Pesqueira, Manuel Cordeiro, no final de uma reunião que juntou 14 (três dos quais por videoconferência) dos 17 independentes.

Segundo o autarca do Norte do distrito de Viseu, com esse objetivo, será pedida uma audiência aos partidos políticos com assento parlamentar”, sendo que, “o mínimo” que querem é «o regresso às condições mínimas de participação política dos grupos de cidadãos eleitores».

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui