coronavírus

Autarca de Portimão é vacinada, mas diz ser “voluntária” em internamento Covid-19

- publicidade -

A presidente da Câmara Municipal de Portimão, Isilda Gomes, foi vacinada contra a Covid-19, a última, de duas doses, foi administrada a 29 de janeiro.

A justificação para a vacinação, segundo a autarca, deve-se às funções que desempenha como voluntária num internamento de doentes covid-19, no Portimão Arena.

À TSF, a autarca diz que a consciência não lhe pesa “rigorosamente nada” e explica: “Ofereci-me como voluntária para desenvolver um projeto para pôr em contacto as pessoas que estão no Centro Hospitalar e Universitário do Algarve (CHUA), doentes com Covid , e as suas famílias” que estão na sua grande maioria longe do Algarve.

“Eu fui vacinada como voluntária para fazer um trabalho extraordinário com os doentes e os seus familiares e não como presidente da câmara, é preciso separar as coisas”.

A situação será averiguada pela Inspeção Geral de Atividades em Saúde (IGAS) e a Comissão Política distrital do PSD do Algarve considerou o ato “censurável” e “praticado com a conivência de agentes públicos, com altas responsabilidades”. E que “de modo sub-reptício, às escondidas, obtêm para si mesmas vantagens indevidas, negando a outros”. Classificando a vacinação como “ilegal e eticamente injustificável”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui