SaúdeSociedade

Aumento de consumo de “gás hilariante” para fins recreativos preocupa Observatório Europeu das Drogas

- publicidade -

Portugal tem registado nos últimos anos uma crescente utilização pelos jovens de óxido nitroso – o chamado gás hilariante – em contexto recreativo, estando a ser estudados os malefícios para a saúde do consumo desta substância que já consta da lista de drogas proibidas.

Apesar de durante o ano de 2020 não ter havido registo de ocorrências ou apreensões, em 2021 houve 93 ocorrências ou apreensões de óxido nitroso (garrafas ou balões), nomeadamente em Setúbal, Lisboa e Faro. Durante 2022, já existem até ao momento cerca de 35 ocorrências ou apreensões de óxido nitroso (garrafas ou balões).

Esta é uma das conclusões do mais recente relatório divulgado esta segunda-feira pelo Observatório Europeu das Drogas e da Toxicodependência (EMCDDA, na sigla em inglês) sobre a venda e o uso de óxido nitroso em Portugal, Dinamarca, Irlanda, França, Lituânia, Holanda e Reino Unido.

Segundo a agência europeia das drogas, sediada em Lisboa, a prevalência do uso desta substância não constava ainda dos mais anteriores relatórios portugueses e estrangeiros, mas em 2021 as autoridades policiais nacionais prepararam um relatório sobre o aumento da utilização do óxido nitroso em contexto recreativo, alertando sobre evidências crescentes da venda deste produto em botijas e balões para consumo humano, como confirmado pelo número de apreensões naquele ano.

Considerando os dados disponíveis e os malefícios que o uso recreativo de óxido nitroso pode causar, este grupo decidiu propor medidas regulatórias para reduzir o acesso do público em geral à substância e o controlo do comércio, com especial atenção aos menores de idade.

O óxido nitroso é um composto químico que tem efeitos analgésicos significativos e baixa solubilidade no sangue e causa modestos aumentos da frequência respiratória e, quando aplicado isoladamente, pode aumentar de forma expressiva o fluxo sanguíneo cerebral e a pressão intracraniana.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *