Destaque

Atropelamento na A6: Marcelo quer explicações, Eduardo Cabrita não comenta

Eduardo Cabrita não quis comentar sobre o acidente na A6: "Não é de todo o momento adequado", disse o ministro.

- publicidade -

“Para mim, o essencial é a matéria de facto. E haverá quem vá investigar a matéria de facto, há várias instâncias que se encarregam de investigar a matéria de facto para diversos efeitos”, disse hoje Marcelo Rebelo de Sousa sobre o acidente na A6 em 18 de junho, que resultou na morte de um operário após atropelamento do carro do MAI.

Ao seu lado, Eduardo Cabrita não quis comentar: “Não é de todo o momento adequado”, disse o ministro após as perguntas dos jornalistas. Marcelo e Eduardo Cabrita fizeram uma visita à Unidade Especial de Polícia, no concelho de Sintra, distrito de Lisboa.

Recorde-se que a vítima mortal foi Nuno Santos, de 43 anos. Deixou duas filhas menores.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo