Seixal

Assembleia Municipal do Seixal aprova Orçamento Municipal após chumbo

A Assembleia Municipal do Seixal aprovou o Orçamento e as Grandes Opções do Plano para 2023, no valor de 171 milhões de euros, sete meses depois de uma primeira rejeição ao documento apresentado pela Câmara Municipal.

Esta foi a segunda vez que o município viu o documento rejeitado pela oposição, depois de em 2018, as Grandes Opções do Plano para 2019 terem sido chumbadas na Assembleia Municipal.

O orçamento para 2023 foi aprovado em sessão de Assembleia Municipal, com os votos a favor da CDU, dos presidentes de Junta de Freguesia de Amora, de Corroios e da União das Freguesias do Seixal, Arrentela e Aldeia de Paio Pires.

O documento teve os votos contra do PS, PSD, CHEGA e do presidente da Junta de Freguesia de Fernão Ferro e a abstenção dos eleitos independentes, do BE e do PAN.

As Grandes Opções do Plano e Orçamento (GOP) da Câmara Municipal do Seixal para 2023 foram novamente apresentadas àquele órgão, depois da rejeição pela Assembleia Municipal, em dezembro de 2022.

Segundo o presidente da Câmara Municipal do Seixal, Paulo Silva, na nota enviada às redações «a não aprovação das Grandes Opções do Plano e do Orçamento causou alguns constrangimentos à atuação da câmara no primeiro semestre deste ano», e espera que estes sejam agora «superados com a sua aprovação, tornando possível desenvolver e concretizar vários investimentos importantes para o município».

Na mesma nota, o município explica que as GOP para 2023 foram desenvolvidas «em torno de 15 eixos de atuação, entre os quais prioridade à educação pública, desenvolvimento social e paz, cultura ao serviço do desenvolvimento, desporto para todos, valorização da juventude do concelho, defesa do ambiente, defesa da água e saneamento públicos e mais higiene urbana, direito à saúde e políticas publicas de habitação».

Entre as inúmeras medidas previstas, a autarquia destaca a programação de novas escolas do 1.º ciclo do ensino básico e pré-escolar em Fernão Ferro, Foros de Amora e Corroios; o apoio à edificação de estruturas de ensino pré-escolar, estruturas residenciais para idosos e para a deficiência e a requalificação das instalações das associações de reformados, assim como o apoio a várias instituições na candidatura a financiamentos governamentais para a construção de Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas em Pinhal de Frades, Paio Pires, Casa do Educador e CRIAR-T.

Está ainda prevista a conclusão da construção da Casa Abrigo para Vítimas de Violência Doméstica em imóvel adquirido pela Câmara Municipal, a construção do Pavilhão Municipal de Fernão Ferro, a requalificação da Avenida do Mar, em Belverde, a construção da alternativa à Estrada Nacional (EN) 10, a construção da alternativa à EN 378 e requalificação desta estrada na ligação de Amora a Fernão Ferro, com a criação de novas rotundas, assim como a construção do centro de saúde de Foros de Amora.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *