EconomiaPaís

ASAE apreende milhares de artigos contrafeitos postos à venda no Facebook

- publicidade -

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), através da Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal (UNIIC), realizou “buscas na cidade de Braga a coberto de um processo-crime em investigação”. O motivo prende-se à venda de produtos contrafeitos através da rede social Facebook.

“As buscas visaram um domicílio, um armazém e três viaturas. Foi também realizada uma pesquisa de dados informáticos no telemóvel do suspeito, alegadamente usado para a prática do crime em investigação”, explica o comunicado publicado no Facebook da ASAE.

No decurso da operação, a ASAE “apreendeu cerca de 3.800 artigos contrafeitos (vestuário, calçado desportivo, marroquinaria e perfumes) num valor total estimado de 60.400,00 euros, bem como 2.400,00 euros em numerário”.

“Muitos dos artigos apreendidos já continham a indicação do nome do comprador a quem se destinavam, evidenciando o elevado volume de vendas praticado e a elevada procura da página de Facebook gerida pelo suspeito”, acrescenta o comunicado.

A ASAE “continuará a acompanhar o fenómeno da venda de contrafação online, promovendo a proteção da propriedade industrial e intelectual dos titulares das marcas lesadas e garantindo a proteção dos consumidores”, concluiu.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *